Em congresso anual, Anjos do Brasil divulga pesquisa com futuro do mercado e oportunidades em startups

27/Mai/2019 - 19:41

Marcado para o 26 de junho, no auditório do Cubo, em São Paulo, a sétima edição do Congresso Brasileiro de Investimento Anjo, promovido pela Anjos do Brasil (www.anjosdobrasil.com.br), organização sem fins lucrativos que fomenta o investimento anjo e apoia o empreendedorismo inovador no país, trará, além de muito conteúdo – a agenda do evento prevê um dia inteiro de palestras –, a divulgação do estudo inédito sobre o cenário do investimento anjo no país no último ano. Serão divulgados, na ocasião, dados sobre o volume de investimento anjo e crescimento histórico, número de investidores no Brasil, setores de interesse e tipos de negócios investidos, entre outros tópicos.

De acordo com a diretora-executiva da Anjos do Brasil, Maria Rita Spina Bueno, o congresso deste ano vai tratar da evolução do investimento anjo no Brasil e no mundo, estratégias de saída, tendências setoriais, políticas públicas de estímulo ao investimento anjo, boas práticas e o Syndication – como grupos de anjos podem coinvestir e como o Brasil oferece oportunidades únicas para startups. São esperados cerca de 350 participantes no evento.

Programação repleta no evento – A abertura do congresso ocorre às 9 horas. Durante o dia inteiro está prevista uma intensa programação que reúne executivos de companhias investidoras, gestores de fundos e investidores anjo de sucesso. O trio Anderson Thees (sócio diretor e cofundador da Redpoint eventures), João Kepler (lead partner da Bossa Nova Investimentos) e Rodrigo Menezes (sócio fundador do escritório Derraik & Menezes Advogados) abre o evento com a apresentação do painel “O que os VCs estão buscando”.

Entre os painéis do congresso, destaques para “Como fazer um IPO na Nasdaq”, “The world is changing – visão de futuro para investidores em startups” e “Coinvestimento entre redes – desafios”. Antes do encerramento, às 18 horas, ocorre a apresentação “Políticas Públicas – o que o governo precisa fazer para melhorar o ambiente de investimento em startups”, com Paulo Alvim, secretário nacional de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

O congresso também é uma grande oportunidade para conhecer de perto a história de empreendedores de sucesso, como Douglas Nicolau, CEO da Incentiv, startup que promove o desenvolvimento social por meio da captação de investimento para iniciativas de alto impacto, responsável por arrecadar mais de R$ 14 milhões para mais de 60 projetos, e Juliana da Cunha Assad, sócia-fundadora da CoinWISE, startup cujo propósito é desenvolver produtos e soluções que possibilitem a ampla adoção do blockchain e criptomoedas. O primeiro estará à frente das discussões sobre “Governança para startups – o que re almente importa” e a segunda abordará o tema “Blockchain é realmente impenetrável?”.

Futuro em jogo e boas práticas – “O congresso tem o objetivo de discutir empreendedorismo, impacto e inovação. É uma grande oportunidade para falarmos sobre o desenvolvimento do mercado, a percepção sobre o futuro das startups e as boas práticas da modalidade de investimento anjo”, explica Maria Rita. A pesquisa a ser apresentada por Cássio Spina, presidente da Anjos do Brasil, apontará todo o real cenário do investimento anjo no país.

Para participar do congresso no Auditório Cubo, os interessados pagam uma taxa de inscrição, que varia de R$ 434,00 a R$ 1.190. Para adquirir o ingresso ou conferir outras informações, entre no site congresso.anjosdobrasil.net/inscriccedilotildees.html

7º Congresso Brasileiro de Investimento Anjo

Quando: 26 de junho

Local: Auditório Cubo

Endereço: Alameda Vicente Pinzon, 54 – Vila Olímpia, São Paulo

Horário: das 9 às 18 horas

Informações: congresso.anjosdobrasil.net/

logotipo da prefeitura de porto velho