CORONAVÍRUS (COVID-19)
Disk CIEVS

Prefeito Hildon Chaves apresenta balanço das ações da Agência de Desenvolvimento

03/Jan/2020 - 19:38

Foram listados três eixos principais de fomento ao desenvolvimento socioeconômico

No balanço apresentado pelo prefeito Hildon Chaves, através da Agência de Desenvolvimento do Município de Porto Velho, criada em sua gestão, foram listados três eixos de fomento ao desenvolvimento socioeconômico: a construção de uma Agenda de Inovações, que pretende consolidar um ecossistema de inovação e inserir Porto Velho como o principal um hub de inovação da Amazônia; o Conselho de Desenvolvimento Econômico, que tem a missão de garantir a continuidade aos projetos estruturantes de médio e longo prazos, para o desenvolvimento do município; e o Amazônia + 21, o principal Fórum Mundial Permanente de Diálogos, idealizado para pensar a Amazônia do século XXI e criar alternativas para o desenvolvimento sustentável de toda a região.

“Nós criamos a Agência de Desenvolvimento em abril de 2017 com o objetivo de fomentar o desenvolvimento socioeconômico do município, por meio de projetos, ações e parcerias. Em 2019 todos os esforços foram direcionados para as seguintes ações: criação de uma Agenda de Inovação, Conselho de Desenvolvimento Econômico e Amazônia+21”, destacou Hildon Chaves.

Conforme reforçou também o presidente da Agência, Marcelo Thomé S. de Almeida, a Agenda de Inovações tem como principal objetivo transformar Porto Velho no principal hub de inovação da Amazônia. Essa agenda foi criada em 2018, a partir do primeiro Fórum de Inovação de Porto Velho e desde então tem se intensificado agendas e reuniões para a estruturação de um ecossistema de inovação para o município com estímulos ao desenvolvimento de empresas nascentes, por meio da realização de palestras, consultorias e orientações, de forma a disseminar as oportunidades de investimento e criação de novos negócios e fortalecimento dos negócios existentes.

FÓRUM

Outra atividade realizada no contexto da Agenda de Inovações foi a realização do Fórum de Licenciamento de Construções, apresentando as inovações no processo de licenciamento, propondo, em conjunto com as secretarias municipais, uma série de ações e iniciativas que facilitaram a obtenção de alvarás de construções e habite-se quando da conclusão da obra, por meio do licenciamento simplificado. Também, o seminário Ruas Completas, propondo uma inovação urbana para as vias públicas e dialogando com a sociedade sobre novos modelos urbanos que garantam a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos portovelhenses.

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO

Já o Conselho de Desenvolvimento Econômico foi criado com a missão de garantir a continuidade aos projeto estruturantes de médio e longo prazos, para o desenvolvimento do município de Porto Velho. As tratativas para a criação do Conselho vêm acontecendo desde 2018, com diversas reuniões e eventos de fortalecimento e convergência de ações da sociedade civil organizada, academia e poder público.

Durante este ano, foram diversas reuniões com instituições da sociedade civil organizada e setor produtivo, como a ACEP, SINEPE, CRA, ABRH, Fecomércio, Fiero, Faperon, Sebrae, Ifro, Unir, ARON, Governo do Estado, entre outras; além disso, reuniões com empresários da região a fim de se criar um grupo estratégico para dialogar com o município sobre novos projetos e ações.

Em decorrência dos trabalhos que já vinham em andamento surgiu o Amazônia+21 que será o principal Fórum Mundial Permanente de Diálogos, idealizado para pensar a Amazônia do século XXI. O evento pretende valorizar e integrar os nove países da região amazônica e os nove estados da Amazônia Legal a fim de produzir modelos sustentáveis para o desenvolvimento socioeconômico, englobando a sociedade local, a academia, o setor produtivo, investidores e entidades governamentais, unindo os saberes tradicionais amazônicos com pesquisa e inovação, convergindo com soluções científicas do Brasil, da América Latina e do mundo.

Preparação e realização do Fórum Internacional

Prefdeito Hildon Chaves destacou as principais ações de preparação do Fórum Mundial que será realizado em Porto Velho em maio de 2020 e citou as reuniões para a apresentação do Amazônia+21 para diversos setores da capital, São Paulo, Brasília e outros centros, com a finalidade de buscar adesões e recursos para o projeto. Dos grandes eventos fora de Porto Velho a Agência de Desenvolvimento o prefeito esteve presente ao SmartCity Business Congress, em São Paulo, onde recebeu o prêmio INOVACIDADE e no GRI Infra Brazil, onde Porto Velho teve grande destaque na programação e nos eventos.

LANÇAMENTO DO AMAZÔNIA+21

O AMAZÔNIA+21 foi lançado em Porto Velho no dia 10 de setembro, no espaço OCA junto ao Museu Marechal Cândido Rondon e no mês de outubro teve seu lançamento institucional em Brasília, nas dependências da Confederação Nacional da Indústria, para o Governo Federal e seus ministérios, agências reguladoras, embaixadas e agências internacionais. Em São Paulo, também no mês de outubro teve seu lançamento com a participação no Infra Brazil GRI 2019, em São Paulo, onde o projeto foi apresentado para mais de 300 CEOs e executivos de empresas de infraestrutura, setor financeiro e governos.

A convite da Frente Parlamentar Mista da Bioeconomia, o AMAZÔNIA+21 foi apresentado no Senado Federal, no mês de novembro de 2019.

Fonte: Comdecom

logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho