Basa firma protocolo para R$ 500 milhões em créditos em Porto Velho

16/Jun/2021 - 13:47

Superintendente do banco se reuniu com o prefeito Hildon Chaves e prometeu investimentos para fortalecer o município

Reunião entre a Prefeitura de Porto Velho e o Banco BasaAs oportunidades de crédito para empreendedores foram a pauta principal de uma reunião que o prefeito Hildon Chaves manteve com o superintendente do Banco da Amazônia (Basa) em Rondônia, Diego Brito Campos. Ao final do encontro foi assinado um protocolo de intenções, em que a instituição bancária se compromete em disponibilizar, ainda neste ano, R$ 508 milhões para atender a demanda dos negócios na capital.

O dinheiro será direcionado para microcrédito, agricultura, indústria, comércio e serviços, entre outros projetos.

Para o prefeito, Hildon Chaves, esta é uma ótima notícia para o pequeno e grande empreendedor. “Vai contribuir de forma direta para a geração de emprego e renda, e no desenvolvimento da capital”, disse.

Hildon agradeceu ao superintendente do Basa pelo compromisso demonstrado com a capital.

“Neste encontro também debatemos o fortalecimento dos negócios locais. Novas parcerias serão criadas”, anunciou. Ele destacou também que serão acionados projetos que atendam as demandas do turismo e agricultura, além da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH).

COMPROMISSO

Prefeito lembrou que em 2020 a instituição aplicou mais de R$ 290 bilhões em crédito

O superintendente Diego Brito Campos disse que a instituição trabalha com uma nova imagem institucional. “Queremos ser reconhecidos como um banco que ajuda a sociedade, que é parceiro da prefeitura e visa a sustentabilidade. Isso faz parte da nossa visão, que é desenvolver créditos sustentáveis e lucrativos”, afirmou Campos.

Ele destacou ainda que há um compromisso da instituição bancária em ampliar o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) para alavancar ainda mais a aplicação de crédito no setor primário, em especial na agricultura familiar.

ACESSO

A proposta, de acordo com o prefeito, é que, num curto e médio prazo, haja capacitação dos atores da agricultura familiar visando a preparação e profissionalização da linha de produção para que tenha melhor acesso ao crédito. “O Basa tem um elo com o desenvolvimento e o progresso do nosso estado e da nossa capital”, finalizou.

REGISTROS

Também participaram da reunião o secretário-adjunto de Governo (SGG), Devanildo Santa; o secretário-adjunto de Fazenda e de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), Gustavo Nobre de Azevedo; o secretário da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), João Altair Caetano dos Santos e o subsecretário de Finanças e Contabilidade, João Fernando Erpen, além de Guilherme Gonzalez, da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH). Gerentes das três agências do Basa em Porto Velho também estavam presentes.

Texto: Etiene Gonçalves
Foto: Emílio Tiago

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


logotipo da prefeitura de porto velho logotipo da prefeitura de porto velho